Terça-feira, 30 de Junho de 2009

Conversas do campo

É frequente no meu belo local de trabalho ouvir frases, expressões e conversas absolutamente fabulosas.

 

Para além daquelas pessoas que se queixam das suas "ursulas", ontem surgiu mais uma frase fantástica.

 

Enquanto uma senhora preenchia uns impressos, disse para a sua mãe, com uns sessenta e poucos anos:

 

-"Mãe, preciso do seu bilhete de identidade"

-"Ah sim filha, tenho-o aqui na carteira. Toma.

 

E antes de passar o B.I. à filha a senhora exclama:

 

-"Pois, este tirei à pouco tempo e já é natalicio.

-"Mãe, é vitalicio!!

- Sim, ou isso!"

 

São estas pequenas coisas que nos fazem sorrir, e pensar que, embora não seja fácil, trabalhar com público é do melhor!

sinto-me: o rei da gramática!
publicado por noirlibertine às 22:22
link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Junho de 2009

Facilidades...

Pois é, e depois queixam-se que hoje em dia os jovens não lêem, não pesquisam, porque a INTERNET tem lá tudo...

 

Não admira! Até teses de Mestrado na íntegra se encontram num click!

 

Há é que fazer o plágio com inteligência.

 

E não é o que fazemos sempre? A diferença é que LEMOS, INTERPRETAMOS, REFUTAMOS e MENCIONAMOS as obras ou autores que consultamos. Estamos a plagiar, mas de uma maneira suave, dizemos antes que estamos a retirar informação e a procurar bases.

 

Não sou adepta do plágio. Também gostava de ter uma mente brilhante e escrever ensaios muito pessoais de qualquer tema. Mas também somos ensinados desde cedo a ir procurar as coisas antes de tentarmos pensar por nós sobre elas.

 

E é normal que cada vez mais as pessoas não queiram perder tempo a ler, a comparar... já está feito!

 

Não há nada como o cheiro, o ambiente de uma Biblioteca. Estamos a sós com os livros, enriquecemos mentalmente, e na minha perspectiva, é bastante "zen".

 

Como tantos, este é mais um ritual em vias de extinção... infelizmente.

sinto-me: atarefada!
publicado por noirlibertine às 17:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Para ti...

take me down to your river
i wanna get free with you
take me down,
take me down
i wanna get free
i wanna get free with you

take me down to your river
i wanna get free with you
take me down
take me down.

here i wait for you
all my faith in you
all my Love is for you
it's you i wait for
to be free with you.

take me down to your river
i wanna get free with you
take me down,
take me down
i wanna get free
i wanna get free with you

take me down to your river
i wanna get free with you
take me down
take me down.

i wanna feel this feeling of Love forever
with you
forever with you
i wanna give you all my Love
i wanna feel, all your Love
take me there with you.

take me down to your river
i wanna get free with you
take me down
take me down
i wanna get free
i wanna get free with you

take me down to your river
i wanna get free with you
take me down,
take me down.

this Love
is written in the stars
this Love
is written in the stars
meant to be
forever, forever

this Love
written in the stars
forever, forever...

 

"Andromeda and the mily way"

Me'Schell Ndegéocello

sinto-me:
publicado por noirlibertine às 17:43
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

Back to the city

Hoje escrevo do lugar que mais gosto. Tenho sono, doi-me o corpo, foram dias de muito trabalho, ando a chegar àquele ponto em que sinto um cansaço extremo, e o problema é que agora não posso andar cansada psicológicamente... pois os exames estão aí... pois a minha pequena família precisa de mim... porque os amigos precisam de mim...

 

Precisava assim de uma semana, num lugar paradisíaco, sem telemóvel, sem horas... mas já que não posso ter isso, ao menos quando fujo para aqui, não há horas para nada, não há stresses por isto ou por aquilo, sempre fico mais descansada.

 

Saio de um lugar pacífico para um lugar de extrema confusão, mas o que é certo é que aqui encontro paz. É contraditório, acham que eu sou maluca, mas é assim que eu gosto de estar.

 

Cada vez mais o futuro a curto prazo me assusta... não sei o que vai acontecer... e já estou tão cansada de algumas coisas...

 

Sinto-me esgotada, tantas pessoas diferentes durante o dia sugam-me a pouca energia que tenho. Mas é impressionante como somos capazes de dar sempre mais um sorriso, mais umas palavras de apoio e principalmente ouvir... Constato que grande parte dos seres humanos não tem alguém que os ouça, que lhes dê atenção, que lhes dê uma palavra de alento, que diga às mulheres como estão bonitas hoje, que aquela cor lhes assenta bem, que estão com bom aspecto... a resposta delas é sempre "ai, não diga isso, estou na mesma"...mas o que é certo é que o sorriso fica maior e o espírito fica mais bem disposto.

 

Mas embora tudo isto me tire as forças ao fim do dia, é sempre gratificante saber que as pessoas saiem dali um pouco mais animadas.

 

Este país está em crise (já nem posso ouvir esta palavra!!!!). Mas a maior crise que anda aí é a crise das almas. Não sei como foi possível implantar este espírito de derrota nas pessoas, ainda por cima no português, que apesar de saudosista e tristonho por causa do fado, sempre foi lutador e bem disposto. Tenho pena que isto esteja a acontecer e que ninguém  dê conta disso...

 

E agora, vou fazer qualquer coisa... não sei o quê... o meu corpo agora parece que tem bichos carpinteiros!

sinto-me: com sono!
publicado por noirlibertine às 10:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 1 de Junho de 2009

Girl in the fire

E passaram-se uns dias fantásticos, matei todas as saudades... no entanto, hoje volto a sentir mais saudades ainda, porque cada vez é mais dificil a distância e a ausência.

 

O sol não fugiu, e o calor proporcionou-me umas quase mini-férias, que bem precisava, aproximam-se tempos de muito trabalho e dores de cabeça. Sinto-me rivigorada para mais uma semana.

 

Adorei estes dias. Amor,  mergulhos, calor, e reencontros.

 

Cada vez mais adoro o Verão. Devia andar mesmo tolinha quando só queria inverno e frio. De facto, a idade faz com que vejamos as coisas com outros olhos, eu não sabia o que estava a perder!

 

 

sinto-me: very nice!
música: Pendulum, "Hold your colour"
publicado por noirlibertine às 10:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.aspectos pessoais

.pesquisar

 

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. Conversas do campo

. Facilidades...

. Para ti...

. Back to the city

. Girl in the fire

. Teorias

. Sobre o azul

. Finalmente...

.arquivos

. Junho 2009

. Maio 2009

blogs SAPO

.subscrever feeds